Cesta de la compra

A segunda vida de Francisco de Assis

Autor José Saramago

Editorial PORTO EDITORA

A segunda vida de Francisco de Assis
-5% dto.    17,00€
16,15€
Ahorra 0,85€
Disponible online, recíbelo en 24/48h laborables

¿Quieres recogerlo en librería?
Envío gratis a partir de 19€
España peninsular

São Francisco de Assis volta à terra nos dias de hoje e encontra sua ordem transformada numa empresa gigantesca e lucrativa. «Grande sala. Ambiente geral discreto e severo. Mesa comprida, cadeirões, cofre, telex, vários telefones, um terminal...

Leer más...
  • Editorial PORTO EDITORA
  • ISBN13 9789720030436
  • ISBN10 9720030437
  • Tipo LIBRO
  • Idioma Portugués

A segunda vida de Francisco de Assis

Autor José Saramago

Editorial PORTO EDITORA

São Francisco de Assis volta à terra nos dias de hoje e encontra sua ordem transformada numa empresa gigantesca e lucrativa. «Grande sala. Ambiente geral discreto e severo. Mesa comprida, cadeirões, cofre, telex, vários telefones, um terminal...

-5% dto.    17,00€
16,15€
Ahorra 0,85€
Disponible online, recíbelo en 24/48h laborables

¿Quieres recogerlo en librería?
Envío gratis a partir de 19€
España peninsular

Detalles del libro

São Francisco de Assis volta à terra nos dias de hoje e encontra sua ordem transformada numa empresa gigantesca e lucrativa. «Grande sala. Ambiente geral discreto e severo. Mesa comprida, cadeirões, cofre, telex, vários telefones, um terminal de computador. (...) Está reunido um conselho.» Assim se entra no mundo da «política», segundo José Saramago. A Segunda Vida de Francisco de Assis é mais uma incursão no drama, desta vez à volta de um tema bem atual: o capitalismo, a qualidade, as chefias, a política, as eleições, a bolsa, as valorizações e desvalorizações dos produtos e das pessoas. E uma luta entre a razão e a força. Estamos em 1986, já há computadores, mas muita coisa mudou. «As coisas já não são o que eram», diz a certa altura uma das personagens. «Houve muitas mudanças e nem todas estão à vista. Algumas nunca saem daquele cofre. São as que convém manter em segredo.» E Francisco? Também mudou, claro. Nesta segunda vida, aprendeu algumas lições e aparece a lutar contra a pobreza. «É a pobreza que deve ser eliminada do mundo», diz. Mais uma vez Saramago usa a ironia para fazer as suas críticas. «A pobreza não é santa. Tantos séculos para compreender isto. Pobre Francisco.» Caligrafia da capa por FREI BENTO DOMINGUES